Do Coração do Bispo

10 sugestões para melhorar sua arrecadação.

Por Bispo Anderson Caleb.

Por mais recursos para a expansão do Reino, salvação de Almas  e socorro aos necessitados.

É bom lembrar que a arrecadação financeira não é um fim, mas um meio para se evangelizar, fazer missões e executar o trabalho social da igreja. Não é vergonhoso e nem anti-ético falar nesse assunto. Jesus falou mais sobre dinheiro do que sobre fé. Somos apenas mordomos, administradores e não donos de nossos bens.

“… Porque tudo vem de ti, e das tuas mãos to damos”
1 Crônicas 29:14

Algumas dicas coerentes e éticas de um observador que podem melhorar sua arrecadação:

1. ANTES do momento dos dízimos e ofertas, pregue um sermão  de uns 5 minutos sobre a benção de contribuir. Use um texto apropriado da Bíblia e pregue “crendo” , com convicção a mensagem. A fé vem pelo ouvir. Selecione com tempo seus textos , não improvise.

2. O pastor ou o oficial da igreja devem ser  exemplo, o padrão dos fiéis. Entregue seu dízimo e oferta primeiro que todos e diante de todos. Seria bom que o próprio pastor ou um presbítero bem preparado fizesse esse momento se adoração e contribuição.

3. Ensine uma vez a cada trimestre sobre dízimos e ofertas. Faça um estudo criativo sobre o tema. Trazer um colega as vezes, um mestre no assunto, para ministrar, também é indicado aqui.

4. Inclua nos cultos de domingo uma vez ao mês um bom testemunho sobre dízimos e ofertas. Pergunte na igreja quem tem testemunho nesta área, ouça antes é claro, e então dê oportunidades. Deus está fazendo milagres e talvez você não saiba. Não seja você o único a falar desse assunto. Eu e minha família desde minha infância temos vivido a fidelidade de Deus. Malaquias 3. 10-14.

5. Seja um  observador inteligente. Por exemplo, mostre aos crentes quanto dinheiro os ímpios investem na mentira, nas seitas, em oferendas caríssimas a demônios, em política, etc. O quanto gastam com bebidas, drogas e com a saúde perdida. Muitos não entregam a Deus e acabam dando ao diabo. Leia o texto de Mateus 28. 12 a 15, sobre o investimento na mentira, que é antigo.

6. Crie na sua igreja (eu fiz isso onde fui Pastor e deu certo), um ministério com desempregados e pelo emprego. Pessoas que estarão procurando vagas na internet, jornais, balcões de emprego, empresas etc. Existe muito emprego sim, o problema é que pouca gente fica sabendo. Assinem um jornal que oferece empregos nos classificados, enfim sejam criativos. Ajude os desempregados que na maioria já estão desmotivados. Invista em desempregados, ore por eles, e tanto eles quanto a obra de Deus colherão os resultados.

7. Invista na melhoria de sua igreja. Todos gostam de ver seus recursos bem investidos em suas igrejas e templos. Seja um bom gestor, saiba economizar e investir. Se você não leva jeito, procure quem leva. Deus sempre tem um Arão para cada Moisés. Pelo menos pinte a igreja ou reformem os banheiros, etc.

8. Oferte generosamente para missões estrangeiras e nacionais. Não sei explicar, mas existe um mistério de provisão sobrenatural para quem investe em Missões. Adotem ao menos um missionário.

9. Não seja um líder desperdiçador e que gosta de ostentar. Isso pode se virar contra você. Geralmente essa atitude de ostentação e de luxo cria uma má impressão e desmotiva, criando ainda um falso padrão de vida.

10.  Faça do momento das ofertas e dízimos no culto, um momento especial e espiritual. Uma mensagem, cânticos apropriados, a projeção de um versículo bíblico sobre o tema no projetor e uma oração especial pelos dizimistas e ofertantes com imposição de mãos. A Benção está prometida na Bíblia, então porque não abençoar? Mas orem também pelos desempregados, endividados  e os que não puderam ofertar, para que Deus abra as portas e envie socorro.

Mas não somente ore, tenha um ministério de socorro. Todavia, não pregue barganha com Deus. Nós dizimamos e ofertamos por gratidão e adoração, tudo é Dele.

E por fim ore sobre isso, ore pelas finanças, repreenda o devorador na vida dos fiéis. Demônios só saem expulsos. Não ignore a guerra espiritual. Oriento aos pais que ensinem seus filhos a contribuir com a obra de Deus. Vocês estão numa igreja séria que não tem donos e nem coronéis, que presta contas e investe em missões e socorro ao próximo.  Provérbios 3. 9,10.

Bispo Anderson Caleb

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Além disso, verifique

Close
Close