Do Coração do Bispo

Alegrar com os que se alegram

Uma das coisas mais difíceis de se fazer!

“alegrai-vos com os que se alegram;…”
(Romanos, 12.15)

Bispo Anderson Caleb

( Dez situações difíceis de se alegrar com a alegria do outro )

É difícil se alegrar com quem se alegra, principalmente Quando:

1. Quando Ele, ou ela, conseguiu e eu não;
2. Quando Ele, ou ela, chegou na minha frente;
3. Quando Ele , ou ela, realizou um sonho que era também o meu;
4. Quando alguém aparentemente menos experiente ou mais novo do que nós é promovido e nós não.
5. Quando Ele, ou ela, foi perdoado de algo que eu e você não perdoaríamos;
6. Quando também nos julgamos merecedores do prêmio do outro;
7. Quando nos julgamos “superiores” àquele que alcançou o que nós tanto almejávamos.
8. Quando alguém que está nos substituindo nos supera;
9. Quando um irmão recebe mais votos do que nós;
10. Quando alguém que já foi abençoado é abençoado mais uma vez, enquanto a nossa benção demora a chegar.
POR QUE?

Por que é tão difícil se alegrar com a alegria do outro?

1. Talvez por não nos vermos no irmão e não nos sentirmos um corpo. Os que não se alegram com a alegria do outro, no fundo não se sentem irmãos.

2. Talvez por uma insegurança profunda, sentimos medo de ser rejeitados ou esquecidos ou ainda apagados pelo sucesso do outro.

3. Mas a grande de conclusão é que não se alegrar com a alegria do irmão, retrata e expõe uma grande infantilidade ou imaturidade em nós.

COMO SE ALEGRAR COM A ALEGRIA DO OUTRO , MESMO QUANDO A NOSSA BENÇÃO AINDA NÃO CHEGOU?

Além de ser uma questão de maturidade espiritual, é o Espírito que nos dá essa capacidade. Com certeza não é por força, nem por mera resolução humana, mas pelo Espírito.

Bispo Anderson Caleb

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Além disso, verifique

Close
Close