Do Coração do Bispo

Carta aos Compositores e Cantores Evangélicos

Bispo Anderson Caleb

Louvo a Deus pela vida de vocês compositores, cantores e cantoras. Vocês têm tocado corações com seus cânticos, afinal a música atinge fundo as emoções. Charles Wesley, John Wesley, Lutero, e outros grandes nomes da história da Igreja também compuseram hinos a Deus.

A questão toda é que nossas composições, poemas e reflexões não são “canônicas”, e inerrantes como a Bíblia, sendo assim devemos tomar cuidado quando estamos compondo. Revisões devem ser feitas. Eu mesmo já compus alguns poemas e músicas, mas sempre com um olho no rascunho e outro na doutrina.

CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES…

Considerando que nossos corações são enganosos e as vezes somos tentados a compor o que agrada as pessoas, ou o que estamos “sentindo”;
Considerando que ninguém tem hoje a mesma inspiração do Espírito que os escritores da Bíblia tiveram;
Considerando que as pressões do mercado gospel podem pressionar alguns a compor o que vende mais, o que o marketing exige;

E
Por fim
E mais importante

CONSIDERANDO que devemos compor hinos para adorar a Deus mesmo quando falamos aos Homens sobre o evangelho,

Suplico, peço, imploro aos compositores e cantores gospel que:

7 PEDIDOS E SÚPLICAS AOS COMPOSITORES, MÚSICOS E CANTORES DE HOJE:

1. SEJAM MENOS ANTROPOCÊNTRICOS E MAIS TEOCÊNTRICOS.

O centro da adoração tem que ser Deus. O número de musicas centradas no homem, no ser humano, nos sonhos humanos, na dor humana, no valor do homem e da mulher, nos desejos humanos, no “eu” e no “você” na felicidade humana, nos pedidos e desejos de sucesso humano, na bajulação humana e no mimo de pecadores ou de crentes, esse número cresce mais e mais enchendo as faixas de CDs e invadindo as rádios. Amorosamente gostaria de dizer em alto e bom som um BASTA!! Vamos voltar a colocar Deus e Jesus no centro outra vez, voltemos a adorar diretamente ao Criador, ao Senhor, ao Deus Triuno. Deus está desaparecendo de muitas canções hoje. Por favor pensem nisso.

2. SEJAM MAIS BÍBLICOS.

Nossa criatividade e insights poéticos não podem suprimir, superar e nem se igualar às santas revelações da Palavra. Por favor leiam mais a Bíblia, incluam mais o texto Sagrado em suas canções, mas quando isso não for possível, não sejam anti-bíblicos. Já ouvi canções diminuírem o mal do pecado, tratarem a Deus como servo e não como Senhor, tratar o Espírito Santo como mera força ou poder impessoal, etc. Quem sabe um Pastor ou alguém pode ajudar você a conferir suas composições com a Bíblia. Afinal há poder na Palavra de Deus, ela não passa é sempre atual. Inspirem-se nos salmos por exemplo. Digo isso no amor do Senhor. Cantemos mais a Palavra!

3. NÃO SE INSPIREM E NEM BUSQUEM NO MUNDO SUAS FONTES.

Você não precisa ouvir música secular e mundana pra se inspirar. Cuide de ter todas as suas fontes em Deus, leia isso:

Salmo 87.7
“E os cantores e tocadores de instrumentos entoarão: Todas as minhas fontes estão em ti”

E as suas fontes? Você é daqueles que gosta de frequentar shows mundanos, ouvir CDS seculares para se “inspirar”? Se for releia o Salmo acima.

4. NÃO AME A POPULARIDADE, BUSQUE E AME A RELEVÂNCIA.

Ao compor e cantar pergunte pra você mesmo se desejas ser popular ou relevante. Os cantores do mundo, roqueiros satanistas, sertanejos ou pops mulherengos, são populares mas não são relevantes para edificar nossas vidas Não queira ser “ídolo”, Aquele anjo que quis ser idolatrado, lembra, virou demônio.

5. POR FAVOR, VIVAM O QUE COMPÕEM.

Como é triste saber que belas composições vieram de gente com péssimo testemunho, eu por exemplo não gosto de cantar essa música, a música da incoerência. Componha e cante aquilo que você acredita, que te toca, o que você vive e sente.
A propósito Deus não aceita adoração de impio, você sabia?

Leia isso:

“Mas ao ímpio diz Deus: Que tens tu que recitar os meus estatutos e que tomar o meu concerto na tua boca,
pois aborreces a correcção e lanças as minhas palavras para detrás de ti?”
Salmo 50.16,17

6. NÃO ADORE MÚSICA, ADORE A DEUS.

Eu amo música, comecei minha carreira cristã tocando trompete e depois tentei tocar bateria. Já compus mais de 10 louvores, não me vejo longe da música e dos louvores de adoração a Deus. Todavia eu só adoro, só me rendo, só fico perplexo e apaixonado por Deus e por sua Palavra. Algumas pessoas adoram adorar, mas isso não é bom, adore a Deus, viva e morra por Deus e não pela música ou pelo palco. Aproxime-se perplexo, impactado, pasmado, estarrecido, aturdido, sarapantado e quebrantado diante Daquele que é a sua e a nossa maior inspiração, perplexidade, mistério e paixão.

7. POR FIM SEJA PARCEIRO DA PREGAÇÃO E DO PREGADOR.

Não despreze ou menospreze a pregação e o púlpito. Sem revelação não pode haver adoração. Você só será um bom compositor se tiver  e se encontrar diariamente com a revelação e com a Palavra.

CONCLUINDO…

Sendo assim, meus queridos e talentosos músicos e compositores cristãos, nascidos de novo e cheios do Espírito Santo, produzam sua arte e exerçam seu talento com discernimento, sua canção vai alcançar muitos corações, seja fiel a Deus e à sua Palavra, não queira ser popular mais relevante, seja coerente com o que compõe, não adore a adoração, mais adore só Aquele que é digno de todo o louvor e adoração.

Por um reavivamento é melhor qualidade na música evangélica contemporânea,

Do seu irmão e incentivador.

Bispo Anderson Caleb

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Além disso, verifique

Close
Close