MUNDO

Milhões de pessoas no Oriente Médio são alcançados pela TV

O número de crianças que acompanham a programação cristã também cresceu: são cerca de 4,6 milhões de telespectadores.

Mais de 21 milhões de pessoas estão sendo alcançadas pela Palavra de Deus através dos canais da emissora cristã SAT-7 no Oriente Médio e Norte da África, representando um aumento de 76% de telespectadores em cinco anos.

Segundo um relatório publicado pela rede de TV nesta segunda-feira (28), mais de 10 milhões de pessoas acompanham seus três canais em língua árabe pelo menos uma vez por semana, de acordo com um levantamento realizado entre abril e julho de 2016.

No total, os três canais reúnem uma audiência de 21,5 milhões de pessoas. “A pesquisa mostra um crescimento notável de audiência da SAT-7 na região do Oriente Médio e Norte da África. É muito encorajador, especialmente num momento em que as pessoas estão procurando canais de notícias importantes, devido às turbulências em curso na região”, disse Terence Ascott, fundador e presidente da SAT-7.

“Muitas pessoas estão profundamente angustiadas com sua situação no Oriente Médio. Elas perderam a confiança e a esperança em sua liderança política e religiosa, e estão procurando ajuda e orientação divina”, avalia Ascott.

“Muitos estão emocionalmente cansados à procura de algo para levantar seus espíritos, algumas notícias positivas, algo que possa incentivá-los”, acrescentou. “As mensagens de fé e esperança da SAT-7 são muito atraentes”.

No Norte da África, os países que representam o maior crescimento de público da SAT-7 são Egito, Marrocos e Argélia. “O número de cristãos nesses países é muito pequeno, mas eles têm sido ativos em produzir uma programação relevante e dinâmica para o Norte da África”, disse o presidente da emissora.

O número de crianças que acompanham a programação da SAT-7 também tem aumentado. São cerca de 4,6 milhões de telespectadores, dos quais 80% assistem pelo menos uma vez por semana.

“As crianças são a principal esperança para qualquer mudança no Oriente Médio e levamos a sério a responsabilidade de ajudar a construir nelas personagem o aprendizado e habilidades que lhes permitam fazer boas escolhas na vida — escolhas que vão ajudar a construir uma sociedade mais pluralista e pacífica”, disse Ascott.

Fonte: Portal Guiame

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Além disso, verifique

Close
Close