Do Coração do Bispo

Música secular ou mundana?

Por: Bispo Anderson Caleb

Aos jovens da Minha Região (inclusive pastores)

Só para a gente pensar….

Como o povo da “Santidade como Estilo de Vida” deveria encarar áreas duvidosas, escorregadias e polêmicas do debate cristão?

De um lado, a galera que curte um som secular (ou mundano?), cristãos da hora, modernos, que trafegam bem entre o sagrado e o profano e se gabam de saber separar bem as coisas;

Do outro lado,
os caras como eu, retrogados talvez, jurássicos talvez, que não querem fazer concessões ao mundo ou ao “presente século.” Que ainda crêem que existe diferença entre ímpios e crentes:

“Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que o não serve.
(Malaquias, 3.8)

De que lado voce vai ficar?

Dos caras que como eu acreditam que santidade (hagios, do gr, separação) é separação mesmo, do presente século, ou…

Ou do outro lado….daquela ortodoxia generosa, daquela “santidade” que faz algumas concessões, afinal os tempos mudaram….

Caras que como eu não julgam uma música apenas pela letra, mas pelo compositor e pelo “espírito” , pela intenção da mesma….

Você deve se decidir….

A Bíblia diz que a trombeta pode emitir um “sonido” incerto. Sendo assim sons transmitem mensagens.

Muitos estudantes do assunto acreditam como eu que não existe música neutra…um som neutro.

Acho muito difícil separar o mundano do secular. Mas você tem que escolher um lado meu querido.

O que é secular?
Como a Bíblia trata o secular, o presente século ? A secularidade? A Bíblia é neutra a este respeito?
Faz a Bíblia separacão entre o que é secular e o que é mundano? Ou isso é um exercício de semântica de alguns “esclarecidos” estudantes do vernáculo?
Secularidade para a Wilkpedia é:
“condição de quem vive no século… opõe-se ao estado religioso…”

Mas Deixemos a Biblia falar:

“o qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de nosso Deus e Pai,”
(Gálatas, 1.4)

E ainda:

” nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes
não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.”
(2 Coríntios, 4.4)

Nós preferimos ficar
Com os marcos antigos. Não por serem “antigos”, mas por serem coerentes.

Fuja da música mundana que é claro, também é secular. O quanto você puder evitar, evite. Sua vida espiritual vai te agradecer. Se não tiver jeito é você for obrigado a ouvi-la numa circunstância qualquer, não se ligue nessa música. Cuidado com o secular, com o presente século.

Não siga aqueles meninos e meninas que, muitos por serem filhos de crentes, (nem todos) , ficam flertando com as coisas deste século e tiram os olhos do século vindouro, do eterno.

Com vontade de frequentar baladas, fazer balada gospel, não sabem a miséria que é uma madrugada vazia, regada a álcool e a centenas de decibéis, dentro de uma balada, de uma boate. Mas os que foram libertos disso, hoje querem distância.

Louvo a Deus pois sei que não estou sozinho em minha posição.

O mundo não presta e o príncipe desde século você sabe quem é.

Foge das paixões da mocidade “Timóteo,”. Você é nobre. Um príncipe uma princesa de Deus. Apaixone-se pela Presença Dele, pela música Dele, pelo Som Dele.

“Quem já pisou o santo dos santos, em outro lugar não sabe viver”.

Só quem já pisou lá sabe do que o poeta está falando…

Um abraço de seu Bispo.

“Não removas os marcos antigos que puseram teus pais” Pv: 22.28

Bispo Anderson Caleb
1 Região IMW

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Além disso, verifique

Close
Close