Do Coração do Bispo

Papo Cabeça sobre Tatuagem e Piercing

Resposta a um jovem líder….

Bp Anderson Caleb

Antes de tudo não escrevo com intenção de julgar ninguém, respeito opiniões, mas apenas com a intenção de dialogar e deixar algumas perguntas pra gente refletir…

QUERO COMEÇAR FALANDO SOBRE A TATUAGEM QUE EU ESCOLHI:

1. Eu escolhi tatuar meu coração.

Essa é a melhor, penso, tatoo que alguém pode fazer. Essa tatuagem todavia só dá pra ser vista de perto. As pessoas que se aproximam dessa ou desse tatuado , conseguem ler coisas que falam mais alto do que se estivessem escritas na pele, pois foram tatuadas no coração.

2. Eu também escolhi tatuar o meu olhar.

O que está escrito em nosso olhar é indisfarçável, todo mundo lê. Às vezes leio frases em tatuagens totalmente desconexas com o olhar da pessoa. Eu prefiro escrever e desenhar nos meus olhos as mensagens nas quais acredito. E você o que escreveu, o que tatuou no seu olhar?

3. Escolhi também tatuar meu rosto com um constante sorriso.

Não há nada mais poderoso e impactante que um sorriso num “mundo violento e egoista” como o nosso. Experimente essa tatoo jovem, sorria mais, desenhe um sorriso no seu rosto. Você também pode tatuar seu rosto com serenidade, com determinação e com outras expressões.

O semblante, o rosto de Jesus tinha uma tatuagem: a determinação de quem ia pra Jerusalém!

“Mas não o receberam, porque o seu aspecto era como de quem ia a Jerusalém” Lucas 9.53.

Esse aspecto, essa tatoo, eu quero desenhar em meu rosto, o aspecto de quem vai pra Nova Jerusalém!

4. Escolhi desenhar e tatuar também Minhas atitudes.

Desenhar e gravar em meu estilo de vida uma mensagem, mensagem que não quero escrever na pele, mas nas atitudes.

5. Por fim, decidi ser uma tatuagem da Bíblia, ser a carta de Deus, conhecida e lida por todos os homens….

“Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens” 2 Co 3.2

POR QUE??

Minha pergunta a um(a) jovem que quer Deus que se diz cristão é essa: por que? Por que ele(a) quer se tatuar e colocar piercing? Será que Isso vai falar mais alto do que aquilo que está escrito no coração e no olhar?

Por que furar o corpo em partes perigosas e que se infeccionam tão facilmente? Para provar o que? Seria pra Chamar a atenção? Mas se você é um cristão ou cristã e entendeu o discipulado, precisa chamar tanto a atenção pra você mesmo? Onde deveríamos tatuar os nomes das pessoas que amamos? Na pele ou no peito, no coração?

Por que um jovem equilibrado que quer Deus precisa se mostrar exótico, gótico, carimbado, furado, e às vezes desfigurado?

Por que atentar tanto para as coisas que se veem?

“Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas”
2 Co 4.18

Um coração satisfeito em Cristo não precisa desse tipo de auto-afirmação, penso…

MAS E SE EU JÁ FIZ?

Mas se você já fez a tatoo ou veio tatuado pra Igreja, nós o amamos assim mesmo. Seja bem vindo.
Mas perceba que o cristianismo e a própria vida é uma coisa muito mais interior do que exterior.

Talvez você simplesmente não tenha pensado suficientemente nisso.

 

No amor do Senhor e num clima de diálogo e amor, eis o que penso.

Bispo Anderson Caleb

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Além disso, verifique

Close
Close