Do Coração do Bispo

Conversando francamente sobre “Perfeição Cristã”

 

Bispo Anderson Caleb

A doutrina da Perfeição Cristã de tradição Wesleyana frequentemente é mal entendida.
Alguns a confundem com perfeccionismo ou com impecabilidade. Todavia encontramos em vários textos bíblicos expressões relativas à perfeição, e a própria palavra ‘perfeitos’ , aplicada a crentes, como por exemplo em I Corintios 2.6; 2 Corintios 13.9,11; Filipenses 3.15; Colossenses 2.10; 4.12 etc.
Um termo extremamente usado no Novo Testamento. Ainda que “teleios” (o termo grego) também possa ser traduzido como “maduro, pronto, completo”, é frequentemente traduzido no NT como “perfeição” ou suas derivações.

PERFEITOS? ISSO É POSSÍVEL?

Sim e não.
Sim se pensarmos se tratar de um sinônimo para maturidade ou para santificação.
Não é possível, todavia, se pensarmos em termos de impecabilidade ou de uma santidade que só Deus possui.
Não. Nós Wesleyanos não somos perfeccionistas, não ensinamos uma santidade utópica e inatingível. Cremos porém na doutrina da perfeição cristã como sendo um conceito de santificação e maturidade cristã. Não é um termo estranho à Bíblia como já vimos. Entretanto no contexto da comunicação da mensagem é um termo
muito difícil de ser trabalhado, por isso é melhor preferir a expressão santidade , santificação ou maturidade cristã. Afinal a perfeição de um cristão bíblico será sempre imperfeita, em certo sentido.
Lembre-se:
Pecar é uma possibilidade sim, mas não é uma obrigação. E se alguém pecar, temos um advogado junto ao pai.

Mas não se desespere:
O Deus que derramou sobre nós a graça justificadora, também derrama a graça santificadora! É graça irmão, graça que capacita e santifica.

Mas o que se percebe hoje é o desaparecimento de expressões como santidade e santificação de muitos sermões. Falar sobre perfeição cristã então em cercos círculos ou é um insulto ou uma piada.

Falando Francamente, esse é um assunto sobre o qual deveríamos refletir um pouco mais não acham?

Reflita comigo, dê sua opinião.

SANTIDADE
Como Estilo de Vida!
É nossa bandeira

Abraço a todos que gostam de refletir sua fé.

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

1 thought on “Conversando francamente sobre “Perfeição Cristã””

  1. Bispo Anderson Calebe, muito boa e apropriada sua explicação sobre perfeição. É difícil acreditar que tem pessoas que pensam, ou acreditam que perfeição cristã é sinónimo de perfeccionista. Até porque, perfeccionista tem o sentido ou a figura de quem não está sujeito a condição do erro, ou a capacidade de pecar.Essa condição pertence somente a Deus.Quanto a nossa natureza humana somos sujeitos a cometer pecado, por isso não hà nenhuma possilidade de sermos perfeito. Sendo assim, concordo que quando se trata da perfeição cristã, que acho que a palavra mais apropriada e santificação e maturidade conforme sua explicação no texto. Penso também que, se usam o vocábulo perfeição deve se entender no que estiver fazendo ou colocando em prática,ou seja, naquilo que agrada a Deus como oração, meditação da Palavra, lovor, jejum, pregação, evangelização…Sendo assim, estamos vivendo nesse momento a perfeição. Como que alguém dissesse estou perfeito,(ainda que não é comum usar essa expressão)e não eu sou perfeito. Ou estou santo (santificação) e não sou santo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Além disso, verifique

Close
Close